Atendimento: (11) 4780-4050

Perucas

Para muitas pacientes, o efeito colateral mais temido e angustiante do tratamento é a perda do cabelo. Isso pode afetar a autoestima, desencadear transtornos depressivos e até comprometer sua aderência ao tratamento. Para amenizar esse efeito adverso, pode-se recorrer ao uso de perucas ou próteses capilares.

Um cabeleireiro ou um visagista pode ajudar na escolha da peruca ou prótese capilar. É possível até fazer o corte da peruca para que combine com o seu estilo ou com o corte antes do tratamento.

Peruca

As perucas podem ser de cabelo natural ou sintético. As perucas de cabelos sintéticos são mais fáceis de manter e são mais baratas. O cabelo sintético seca mais rápido do que o cabelo natural. Se a peruca for de boa qualidade, pode parecer real, mas nunca terá o mesmo movimento. Esse tipo de peruca exige certos cuidados, principalmente com a exposição ao sol e calor em geral. O uso de secadores de cabelo, babyliss e prancha podem danificar os fios.

As perucas de cabelos naturais, por serem feitas de cabelo humano, têm uma aparência mais natural, porém são mais caras e sua manutenção é mais trabalhosa.

Assim como os cabelos normais, as perucas também precisam ser lavadas. As sintéticas podem ser lavadas em casa, já as de cabelo natural recomenda-se a lavagem por um profissional, pois ajuda na conservação da peruca por mais tempo.

A maneira como uma peruca é confeccionada afeta o resultado final tanto quanto, ou até mais, do que o tipo de cabelo usado. Às vezes vale mais a pena ter uma peruca de boa qualidade de cabelo sintético do que uma de cabelo natural mal feita. Existem três diferentes tipos de confecções de peruca:

Prótese Capilar

Felizmente hoje em dia existem diversas técnicas que ajudam a disfarçar a queda de cabelo, como as famosas perucas. Mas, este não é o único recurso para a mulher que quer se reconhecer neste novo estilo e voltar a se valorizar.

A prótese capilar produz um resultado natural e é imperceptível ao toque e ao olhar. A técnica implica na implantação dos fios de cabelo em uma película extrafina feita de silicone ou de uma rede especial, que é fixada no couro cabeludo da pessoa, proporcionando resultados agradáveis.

As próteses capilares são mais leves, imitam com perfeição os cabelos da pessoa, tais como comprimento, cor, ondulação, espessura, volume e porcentagem de cabelos brancos. Podem ser molhadas e lavadas no banho, na praia ou na piscina. Podem mudar de penteado a qualquer hora, dormir com elas, praticar atividades esportivas, pegar vento, usar presilhas de enfeite, fazer rabo de cavalo, coques e muitos outros penteados.

As próteses são fixadas na cabeça com fitas adesivas ou colas desenvolvidas especialmente para esta finalidade. Estas colas são próprias para a pele, mas deve-se ficar atento com reações alérgicas. Assim como com as perucas, o mercado oferece próteses naturais e sintéticas. Elas podem permanecer na cabeça por aproximadamente 20 dias e após este período é necessário trocar os adesivos. O tempo de duração da prótese varia de seis meses a dois anos, dependendo do material de base. As de cabelos naturais costumam ser mais resistentes.

Fonte: Instituto Oncoguia

Veja mais:

Saiba Mais

Insira seus dados abaixo para entrarmos em contato com você:


 

Instagram @neolifebemestar

Contato

Rua Dr. Amâncio de Carvalho, 182 Cj. 106 e 107 Vila Mariana, São Paulo - SP

(11) 4780-4050

contato@neolifebemestar.com.br




© 2019 Copyright - Todos os direitos reservados "Mogicomp Soluções Web"